How to become CEO

Li um livro bem show, de um autor que desconhecia completamente: Jeffrey J. Fox.
Ele é da área de marketing e é um dos 100 top cases estudados na Escola de Negócios de Harvard.
Na Livraria Cultura é possível encontrar seus livros. A maioria em inglês. How to make big money in your own small business, How to become a marketing superstar, How to become a great boss, The Transformative CEO, The Dollarization Discipline e por aí vai. Em português, Como se tornar um executivo, Como se tornar um grande chefe, patrão ou gerente! e A Visão do Líder.
O que li foi How to become CEO; porque dei uma olhada no sumário e é organizado em itens, divididos a cada página ou duas; ideal pra ler na correria, pra não perder o fio da meada. Mantenha-se fisicamente em forma, Pense por uma hora todos os dias, Conheça todos por seu primeiro nome, Mantenha um arquivo de pessoas, Mande notas manuscritas, Sempre tire férias, Adicione uma grande coisa nova à sua vida a cada ano, Superinvista em pessoas, Trate todas as pessoas como especiais, na minha livre tradução…
Achei fantástico o Superinvista em Pessoas:
“Contrate as melhores pessoas. Atraia, motive, treine e recompense as melhores pessoas.
Empresas que “poupam dinheiro” apenas contratando pessoas que podem “pagar” estão indo para a mediocridade em sua indústria… se elas já não estão lá. É melhor contratar uma pessoa excepcional por R$60.000 do que duas pessoas médias de R$25.000 cada. Superinvinsta com moeda emocional também. Dê aos vencedores confiança, independência, louvor, liberdade, encorajamento.
Líderes de organizações sabem que pessoas fazem as coisas acontecerem. Eles nunca esquecem essa verdade elementar. Sem um exército um general não é nada. Se as pessoas na sua organização te dão suporte, confiam em você, acreditam em você, e respeitam você, elas te impulsionarão para o topo. Mas as pessoas na organização apenas devolvem o que elas recebem. Elas são refletores como espelhos. Se confiam nelas, elas confiam de volta. Se são respeitadas, respeitam de volta. Muitos executivos falham porque os outros empregados sabem que seu líder não é sincero, é disonesto, temeroso, ou desleal. Pessoas podem aceitar falhas intelectuais, físicas, culturais, até mesmo morais em seus líderes. Mas elas nunca aceitarão um caráter anti-pessoas.
Contrate pessoas de acordo com os três “I”s:
“I” de integridade. Primeira prioridade.
“I” de “I can do it” atitude. Crítico.
“I” de inteligência. Se a pessoa sabe o que eles não sabem, ou de que terão de trabalhar 10% mais pesado que um Ph.D., é inteligência suficiente.
Uma vez que você tenha achado essa pessoa rara, superinvista nela. Ela saberá disso e dará um grande retorno desse investimento.
Pessoas não são burras. Elas não estão no negócio para perder dinheiro ou cometer erros e fazer inimigos. Tudo o que precisam é de um pequeno investimento sábio”.
E o Pense por uma hora todos os dias:
“Passe uma hora pesada todos os dias planejando, sonhando, maquinando, pensando, calculando. Reveja os seus objetivos. Considere opções. Pondere problemas. Anote ideias. Pratique mentalmente sua chamada de vendas ou grande apresentação. Descubra como fazer as coisas. Faça um balanço mental.
Faça isso todos os dias. Faça em um horário agendado. Faça em uma mesa ou mesa de trabalho. Não faça enquanto está dirigindo ou correndo. Não faça enquanto está se barbeando ou banhando. Não planeje esse tipo de pensamento no trabalho; você será interrompido.
Mantenha notas escritas em seu caderno especial de ideias.”
Anúncios

Um comentário sobre “How to become CEO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s