Diário de viagem – Itália – parte 1

E ontem parti rumo à Itália, para um giro de uns dias, conhecendo os lugares mais notórios. Realização de um sonho antigo, uma panorâmica da Itália…

Tentarei, na medida do possível, manter uma espécie de “diário de viagem”, passando as minhas impressões e, quem sabe, estimulando outros a alçarem vôo.
Falando em vôo, pra quem parte de Porto Alegre a melhor opção ainda é o da TAP, destino Lisboa. E daí para o mundo.
Eu já conhecia e sou meio suspeita pra falar, porque virei fã; mas minha vizinha de assento, que estava experimentando pela primeira vez, ficou agradavelmente surpresa. E é uma mulher viajada…
Porque é bom: primeiro, porque tu não tem que fazer conexão ou escala em São Paulo, Rio ou qualquer outro lugar. Em dez horinhas está na Europa. E o aeroporto de Lisboa é show. Além disso, o pessoal da TAP atende muito bem. A comida de bordo é farta e gostosinha. E a poltrona, falando em termos de classe econômica, é confortável. A poltrona foi o que a minha vizinha mais comentou…
Não vi o tempo passar, desde que cheguei no Aero Salgado Filho, em Porto Alegre. E sempre chego cedo, quando é vôo internacional. O próprio vôo passou que nem vi. Conversa boa, comida boa, cobertinha boa, programas de TV e filmes bons… Nenhum motivo a reclamar.
Parece-me que esse vôo está fazendo sucesso dentre os gaúchos, porque estava lotadinho.
Coisas que anotei mentalmente pra falar:
1) não entendo quem viaja com travesseiro. Simplesmente não entendo. A criatura na fila, carregada de mala, bolsa, …, e grudada num travesseiro que é maior que ela… Vai ser mais desapegada, se quer ser globetrotter… Eu já acho um saco ter que levar mochila pra tralharada…
2) como as pessoas amam uma fila. Quase uma hora antes do embarque já tinha um povaréu na fila. Vai entender… Achei que fosse coisa de brasileiro, mas no Aero de Lisboa foi igual…
3) não entendo quem fica só de meia em vôo. E vai para o banheiro assim…
4) não entendo a correria para o banheiro depois do jantar e do café. Fila de novo, agora dentro do avião… Criatura, se não for necessidade fisiológica urgente, pra que ir fazer fila no banheiro do avião?!?!
Bom, dicas de vida prática que ajudam bastante: como estou sozinha, uma mala só – mas “a” mala, uma American Tourister gigante -; uma mochila, de viagem mesmo, cheia de divisórias, onde vai o mundo, remédio, Ziploc dos líquidos, biju, carregadores, muda de roupas, iPad, livros e espaço pra compras; e uma bolsinho pequena, cheia de divisórias também, pra toda função de dinheiro, documentos, celular… Não achei melhor opção até agora.
iPhone: não existe igual no mundo. Eu no Aero em Lisboa, minha mana viajando de ônibus, as duas com wi-fi, e nós falamos pelo iMessage. Amo, amo, amo, amo de paixão. O iPhone, a Apple, o Steve Jobs e a minha irmã.
Seção Polícia Federal, alfândega e raio x: Porto Alegre tranquilo. Por favor, por favor, por favor, coloque todos os seus líquidos de mão num saquinho Ziploc. Os remédios também, em outro. Quando chegar a sua vez no raio x, é só puxar os saquinhos e o iPad ou notebook pra fora,  que ninguém vai te encher a paciência e vão ver que tu é acostumado a viajar. E lembre de não colocar nenhum líquido ou pastoso na bagagem de mão com mais de 100 ml. Passei tranquila em Porto Alegre e Lisboa, enquanto um monte de gente era parada por líquidos fora do padrão, inclusive fora do saquinho. E coloque uma roupa fácil, sem tachinhas e metais desnecessários. E a guria de Lisboa, que me viu com o guia da Itália, ainda foi super simpática, dizendo que eu ia amar Roma. Polícia Federal e alfândega super tranquilo. Já entregue seu passaporte fora da capinha de couro ou afim.
Balança de bagagem: super útil, principalmente na volta, rsrs. Comprei a minha na Tok&Stok de Porto Alegre, por R$56.
Da série coisas interessantes:
1) é só chegar na Europa e aparecem as máquinas pra tudo, de compra de comida a passagem de trem. Tinha uma no banheiro do aero vendendo absorvente, preservativo e desodorante, dentre outras coisas. Adoro essas máquinas, facilitam muito a vida.
2) quem converte não se diverte. A gente ganha em reais. Não adianta, se tu converter o preço das coisas em euro, não compra nada… A parte mais chata, com certeza…
3) minha vizinha de assento Porto Alegre – Lisboa é professora aposentada, na casa dos setenta, com filhos criados e netos, viajando para encontrar uma amiga que já estava na cidade, pra uma trip por Portugal e Espanha. Muito show ver como a geração dos meus pais está viajando e viajando.
4) acho que não tenho cara de brasileira. Alguém sempre me aborda em Portugal em inglês ou francês e nem passa pela cabeça o português. 
5) muito legal de estar fora é ouvir tudo quanto é língua… Inglês, alemão, italiano… Como é bom… O próprio português de Portugal. E a nossa língua, depois de dias sem encontrar brasileiros… Sempre vai me lembrar o episódio bíblico da Torre de Babel…
6) como falei, o Aero de Lisboa é show. Amplo, limpo, cheio de lojas e de lugar pra comer…
E Lisboa. Lisboa tem história própria comigo. Lisboa tem meu coração pra sempre. Me derreto por Lisboa, surpresa maravilhosa que foi em 2010/2011. Indiquei meus amigos da Marisqueira Santa Marta pra minha vizinha. Não enjoo a hora de voltar pra cidade. Projeto futuro…
Escrevo agora durante o vôo pra Milão, Milan. Milano… Roma também tem meu coração. Roma, amor eterno. E sei que vou me apaixonar por Milano, Verona, Firenze, Venezia… Coração de quem ama viajar é como o de mãe: sempre tem lugar pra mais um lugar…
Updating: a única reclamação foi o fato de não terem ido me buscar no aeroporto na hora combinada. Estava atrás de wi-fi – que não tem grátis – pra contatar alguém quando a guria do transfer chegou. Pra buscar pessoas de diferentes origens e destinos, de grupos diferentes. Essas são as coisas que me irritam de viajar em grupo.
E os italianos realmente falam com as mãos. A guria do transfer estava dirigindo, falando no cel, segurando o aparelho com uma das mãos e gesticulando com a outra. Pensei: “quem está guiando?”
São 19 horas no Brasil, e meia noite aqui. Jet lag pegando… Caindo de sono…
* texto originalmente escrito em 20/09/2013. Só fiquei sem wi-fi pra publicar.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s