Go Read

Minhas primeiras leituras foram de gibis. E desde que me entendo por gente leio revistas. Veja, Superinteressante, NatGeo, Manequim, Claudia, Caras… Gosto de ler. Ponto.

Com o advento das revistas em formato digital, assinei o Iba Clube, que me dava direito a ler quatro revistas.

Qual não foi a minha surpresa ao descobrir que o Iba se tornou o Go Read.

Por R$ 22,90 se tem mais de 100 títulos diferentes pra ler. Todas as que já mencionei, gibis, Boa Forma, Cosmopolitan, de fotografia, de cachorro, de gato, de decoração, Exame, Você S/A, de viagens, de história, de culinária… Gente, me senti o Tio Patinhas mergulhando no dinheiro da caixa forte!!!!!

Quem quiser conferir, basta acessar esse link.

Anúncios

O uso do leque

Tenho observado que esse calor escaldante e abrasador está instigando a retomada do uso do leque.

Nessas últimas duas semanas vi moçoilas descoladas sacando seu leque da bolsa.
Lembrei que lá em casa chegamos a ter uns desses há muito tempo.

E lembrei daquela cena bacana do filme O Diário da Princesa, em que a rainha vai ensinar a princesa a linguagem do leque.

Remonta a uma época em que a vida talvez fosse mais poética, em que a linguagem do leque e das flores e outras pequenas sutilezas compunham o cotidiano das pessoas consideradas bem nascidas.
Achei um post bacana sobre o assunto nesse blog,  http://thetarnishedangels.blogspot.com.br/2010/03/observem-que-o-leque-fala-linguagem-do.html?m=1 . “Observem que o leque fala a linguagem do amor”.   Vale conferir. Essas duas fotos são de lá.

Não acredito que a linguagem do leque irá voltar; mas que o adereço é um charme, ah, isso é…

Kobo Glo

Dia desses me dei conta de que acabaria soterrando a mim e a Tâmim debaixo de tantos livros, rsrs.

Sempre os amei e sempre foram parte fundamental da minha vida.
Gosto de fazer destaques, milhares de anotações…
Ao mesmo tempo, sou fissurada por novas tecnologias.
Então acabei me rendendo à idéia de adotar um e-reader.
Meu escolhido foi um Kobo Glo, à venda na Livraria Cultura.
Ainda não estou preparada para abandonar meus livros em papel; mas confesso que quando estou lendo no Kobo no avião, sem precisar nem usar a minha luzinha individual, é fantástico. Fora que alivia um bocado o peso que carregava por aí…
Então agora procuro ler meus livros em casa e carrego o Kobo quando viajo.
O Kobo Glo tem capacidade interna para mil livros. Com cartão SD vai para 30.000.
A tela é touchscreen e a bateria dura cerca de 30 dias.
E uma das coisas mais bacanas desse modelo é a ComfortLight embutida.
A Tâmim já se rendeu e a mãe, que ganhou um de aniversário e Dia das Mães, também.
Pra quem tem o Cartão + Cultura sai R$399, parceláveis em até dez vezes de R$39,90. Sem o cartão sai R$449.
As fotos obtive no site da livraria, http://www.livrariacultura.com.br , e do Kobo, http://www.kobo.com .

Ipanema Charme

Ontem foi aniversário da Tâmim e com a função do almoço acabei esquecendo de pegar minhas Havaianas pra ir fazer a pedicure.
Daí lembrei que a mãe tinha comprado uma Ipanema por R$6,90 no Zaffari, e como almoçamos no Bourbon Country, resolvi meu problema comprando uma pra mim, já que não ia dar tempo de passar em casa.
Que chinelinho bom!!! Bom, bonito e barato. E confortável. Ipanema Charme. No Zaffari está a metade do preço da loja da Ipanema na internet…

Revistas na internet

Que eu amo uma revista não é novidade pra ninguém.
Compartilho umas boas opções de revistas para ler gratuitamente na internet.
Le Lis Blanc Essas são maravilhosas. Fotografias fenomenais. Tendências de moda, acessórios e produtos de beleza. Matérias sobre pessoas interessantíssimas. Decoração incrível. Mas a parte que realmente é um desbunde são as matérias de viagem, sempre ao final da revista. Uma melhor que a outra. Dà pra ler as 34 edições na internet.

Presente!!!!

Presente fofo que uma cliente querida me deu. Acertou em cheio!!!

A caixa também é uma lindeza. E quem tem coragem de se desfazer de uma caixa dessas? Será muito útil…
O pacote também era tão lindo quanto. Pena que sou como criança, já saio desfazendo o pacote… Nem deu tempo de registrar…
Esses gestos de delicadeza e sensibilidade sempre me encantam. Há muito guardado nesses sinais. Satisfação, carinho, respeito, reconhecimento.  E o todo tem um valor inimaginável… “O meu muito obrigada por todo o carinho e atenção”, diz o cartão, tão precioso quanto o presente.

Balança pra bagagem

Essa é pra quem curte viajar: fiquei tri feliz quando encontrei na Tok & Stok essa “balança portátil pra bagagem”:

Já havia me dado muita tentação de comprar uma nos vôos internacionais, quando o pessoal de bordo passa gritando “duty free”. Ela sempre está naquelas revistas. Mas acabei deixando. E nunca havia encontrado em outro lugar.
Ela é muito útil no retorno. Sempre compro muitos livros = muito peso. Logo, sempre corro o risco de excesso de bagagem… Ou melhor, corria…